‘Tinder do Twitter’ chega ao Brasil; entenda como funciona

Dating facilita paquera separadamente do perfil principal na rede social; rede social planeja integracao com Instagram

Apresentado nunca ano passado, o Faceb k Dating, o servico de paquera da rede social, comeca a trabajar nesta terca, 30, no Brasil e em outros 13 paises (Peru, Chile, Bolivia, Equador, Paraguai, Uruguai, Guiana, Suriname, Filipinas, Vietna, Singapura, Malasia e Laos). O lancamento acontece na F8, a feira de desenvolvedores do Twitter – onde, nunca recto passado, o Faceb k revelou o lancamento do Dating.

Noticias relacionadas

O servico, que chega para competir com o Tinder, ja esta disponivel en el interior do Faceb k e e sin cargo. Ao contrario do rival, a medio sera uma aba en el interior da rede social, e nao um app em separado. A companhia, porem, diz que nas primeiras semanas estara escasamente recebendo informacoes 2 usuarios, ate que comece a sugerir candidatos a um relacionamento.

Veja como o Faceb k Dating funciona abaixo.

Como participar

Oficialmente, o servico e separado da rede social, mas para participar e concreto ter um perfil nunca site. O Dating funcionara adentro do servico principal do Twitter, tanto na versao web quanto na versao para celulares. Serao permitidos apenas maiores de idade no servico.

Por padrao, o usuario tera que criar um novo perfil e nao podera importar automaticamente informacoes do perfil principal no Faceb k – o Dating puxara casi nada nome, sobrenome e idades dos participantes. Essas informacoes nao poderao ser alteradas.

Porem, a compania esta implementando uma nova ferramenta, ja ativa na Argentina, que sugere informacoes de serem importadas, igual que fotos. Nesse caso, serao sugeridas ate quatro fotos, incluindo uma foto do lateral do Faceb k e fotos destacadas (se disponiveis), bem como a biografia, cidade natal, educacao e profissao. Segundo an entidad, isso foi um pedido dos usuarios.

Con el fin de criar um lateral , o usuario devera baixar a versao mais recente do app do Faceb k. Nunca menu “Mais”, o usuario encontra o simbolo sobre coracao. No cadastro, o usuario tambem informara o seu genero e quais pessoas tem interesse em ver.

Quem voce pode paquerar

Por padrao, o servico De ningun modo sugere paqueras dentro de amigos. Os usuarios tambem poderao configurar o servico con el fin de que nao sugira amigos de amigos. Ao Estado, Charmaine Hung, gerente de produtos no Twitter, diz que esse foi um pedido da comunidade LGBTQ+. As sugestoes ocorrem baseadas em suas preferencias, interesses e atividades no Faceb k.

O Twitter mostrara tambem quais sao os possiveis matches em eventos e conjuntos do perfil principal no Faceb k – continuam excluidos escasamente amigos, amistades dos colegas e outras pessoas bloqueadas. Moderadores desses grupos e eventos nao poderao estorbar na interacao entre os participantes.

De conocer se gosta ou nao de uma pessoa, o usuario tera que ir ao lateral da pessoa. Nao ha a mecanica sobre arrastrar o dedo de esquerda ou Con El Fin De a direita.

Conversa sem ‘nudes’

O servico nao demanda que as duas pessoas se curtam antes que possam se informar. Se o usuario se interessar por alguem, podera fazer contato imediatamente com a outra pessoa. Segundo Hung, a ideia e trazer a dinamica sobre paquera do mundo real, onde as duas pessoas nao precisam aprovar uma conversa primeramente que ela comece. Porem, esse medio so funciona uma ocasii?n. Se o usuario fez contato e nao teve resposta, nao podera cursar mensagens novamente.

As conversas acontecem num app sobre mensagens independente do Messenger e de outros produtos do Twitter, igual que Instagram e WhatsApp. Ele nao permite o envio de fotos, videos, links e gifs. So rola texto – a ideia e garantir que usuarios nao receberao conteudo indesejado.

Perto de vivienda

O usuario sera obrigado a compartilhar a sua localizacao com o servico assim que criar o perfil. O Faceb k diz que rostro isso por razoes de seguranca. Ajuda tambem a inteligencia artificial a fazer sugestoes mais precisas.

Depois disso, o usuario pode manter a localizacao desligada. Nunca caso do usuario fazer uma viagem e tentar a sorte na cidade sobre destino, a localizacao tera que ser ativada con el fin de que o servico faca sugestoes corretas.

Crush Confidencia

O Twitter ainda revelou nesta terca-feira um novo recurso de o Dating, o “crush secreto”. E similar com um procedimiento que que existia no finado Orkut o usuario podera destacar os amistades do Faceb k normal igual que “crush secreto”. Eles nunca saberao que foram marcados, exceto se marcarem tambem a pessoa. Quando isso acontecer, los dos serao levados de a ferramenta sobre mensagens.

O medio, porem, nao e a Festa da Uva e so permitira que nove pessoas sejam marcados como “crush secreto”.

Seguranca

Se duas pessoas resolverem se dar con fisicamente, o Dating tera um recurso Con El Fin De compartilhar em tempo real a localizacao com os colegas Con El Fin De garantir a seguranca. O compartilhamento ocorre nunca Messenger. Se o usuario nao quiser compartilhar a localizacao com os amistades, podera descubrir o horario e duracao do encontro, o que tambem pode ajudar caso alguma coisa saia do controle.

Outros dinero de seguranca permitirao bloquear e denunciar qualquer pessoa. E possivel tambem pausar as sugestoes sobre encontros, caso o usuario mude o status sobre relacionamento, ou sair completamente do servico.

Privacidade?

A reputacao do Twitter nao transmite muita confianca nunca que diz respeito a vigilar sobre dados dos usuarios. a compania, porem, garante que nenhuma das informacoes sera compartilhada com a medio formal da entidad. Ao Estado, Hung afirmou que nenhuma das informacoes do Dating serao usadas para a criacao de anuncios personalizados.

Nenhuma atividade realizada nunca Dating e compartilhada com os amigos nunca feed sobre noticias ou com os colegas do Twitter.

Instagram e o futuro

A reportagem apurou que o Twitter planeja integrar o Instagram ao Dating, mas os detalhes ainda sao incertos.

Europa fora

Ao Estado, Hung disse que nenhum estado da Europa esta inclusive no lancamento por questoes relacionadas ao GDPR, a lei de protecao de dados da Europa. Ela diz tambem que o Faceb k ainda nao uma meta en cantidad sobre usuarios que planeja atingir.